3 Dicas para Melhorar seu ‘Listening’ no Inglês

3 Dicas para Melhorar seu ‘Listening’ no Inglês

3 Dicas para Melhorar seu ‘Listening’ no Inglês

por Oxford English – 

Uma das perguntas mais comuns que recebo é: “Como melhoro o meu listening no inglês?

Bem, antes de responder, vamos ver exatamente qual é o problema. Vamos começar com as orelhas, ou melhor, os ouvidos. Eles vão passar os sons para o cérebro, que tenta determinar onde as palavras se “quebram” (onde termina uma palavra e começa outra). Em seguida, ele vai procurar um som equivalente em seu sistema de arquivamento para ver se o som foi ouvido antes (um pouco parecido com a forma de fazer uma chamada de voz do seu telefone celular). Em seguida, ele tentará determinar o significado e entender o conceito na frase. Podemos pensar que é um processo demorado, mas as nossas fantásticas máquinas de matéria cinzenta podem fazer tudo isso em uma questão de nano-segundos. Nativos nem percebem que o trabalho está sendo feito, e é tão eficiente que eles podem até mesmo terminar as frases das pessoas antes delas.

Nos alunos de línguas estrangeiras há várias áreas que podem causar uma falha no sistema. E se uma dessas áreas é fraca, toda a experiência de audição pode ser difícil. Assim, as três funções que realizamos são:

  • 1. Separar os sons em palavras distintas.
  • 2. Comparar os sons com aqueles já armazenados “em arquivo”
  • 3. Converter a palavra para fazer sentido no contexto.

Agora vamos aprender a corrigir cada uma delas.

Correção para (1): Se você está falando com alguém cara a cara, peça à pessoa para falar mais lentamente para que você possa identificar as quebras nas palavras. No inglês há várias palavras que se “juntam” (o final de uma palavra se “une” com o começo da outra). Isso é difícil de fazer quando você está assistindo um vídeo, TV ou ouvindo rádio. Nestes casos, tendo a transcrição ou roteiro vai ajudar. Escute seguindo o texto original para que você consiga determinar onde as palavras se juntam e, em seguida, ouça novamente sem o texto para ver se você pode notar uma melhora. Tenho certeza que você vai!

Correção para (2): Esteja ciente de que o inglês tem muitos sotaques, dialetos e pronúncias diferentes. Americanos, britânicos, australianos, etc, todos pronunciam palavras um pouco diferente. Mesmo áreas dentro dos países podem variar muito com sotaques regionais. Preste atenção nas vogais e na entonação – estas são as diferenças mais comuns. Obtenha o máximo de prática possível com os diferentes sotaques para que você consiga armazenar mais “arquivos de sons”. Não se preocupe em forçar sua mente; o cérebro é incrivelmente bom em lembrar sons. Basta ter contato com muitos diálogos/falas diferentes e obter o máximo de transcrições possíveis.

Correção para (3): Procure o significado das palavras que você não sabe – para que da próxima vez você a reconheça. Não gaste muito tempo se preocupando com o sentido de todas as palavras que você escuta, você não precisa entender 100% para saber o que a pessoa está dizendo. Mas se você parar por muito tempo para pensar em uma palavra que você não entendeu, vai perder o resto da frase. Relaxe e deixe as palavras fluírem, deixe sua mente fazer o resto.
Por fim, escute diálogos curtos, melhor ouvir 25 minutos de um programa de TV ao invés de 2 horas de um filme, assim você pode escutá-lo várias vezes. Depois de algumas repetições, seus ouvidos e seu cérebro serão sintonizados com o ritmo e você estará se sentindo bem mais confiante. E essa é uma das reais chaves para o aprendizado.

PS: Para achar as transcrições dos seus programas favoritos, tente pesquisar no Google o nome do programa junto com a palavra transcript.

Leia a versão deste artigo em inglês – 10 English Fluency Rules

3 Dicas para Melhorar seu ‘Listening’ no Inglês

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *